valor de taxas e encargos de passagens aéreas

Entenda como funciona o valor de taxas e encargos de passagens

Ao planejar uma viagem, você geralmente segue um orçamento, certo? Ainda assim, é comum surgirem gastos inesperados que atrapalham os planos. O valor de taxas e encargos de passagens aéreas não é bem uma surpresa, mas pode dar um montante final mais caro do que você esperou na hora de adquirir sua passagem.

É por isso que você deve conhecer bem esses valores. O que são essas taxas? É possível reduzi-las? Leia este artigo e entenda melhor como elas funcionam para programar a sua viagem sem sustos!

O que são e como se aplica o valor de taxas e encargos de passagens aéreas?

As taxas e encargos são valores cobrados pelo uso de um serviço. Algumas delas são obrigatórias e estão incluídas na passagem (como impostos), mas existem outras que são opcionais. Essas tarifas podem variar conforme a companhia aérea, destino e até aeroporto! Veja algumas das mais comuns e como são cobradas!

Taxa de embarque

Essa taxa é obrigatória, mesmo se você estiver usando milhas. O valor dela serve para a manutenção dos aeroportos e é calculado pela administradora de cada um, conforme seu porte e quantidade de pessoas que o frequenta. No Brasil, as administradoras são a Infraero, empresas da iniciativa privada ou os municípios.

É importante entender que outras taxas como conexão, pouso e permanência da aeronave no aeroporto também existem e são cobradas das companhias aéreas. Segundo a Anac, a taxa de embarque é a única paga diretamente pelo passageiro, mas geralmente essas outras estão diluídas no preço da passagem.

Taxa de serviços

Toda empresa cobrará taxa pela execução do serviço. Companhias aéreas podem variar nas taxas de emissão de passagem devido à liberdade tarifária, por isso é importante pesquisá-las antes. Você também pagará pelo serviço ao comprar sua viagem em agências.

Taxas de benefícios

Pode haver cobrança por alimentação, tipo de poltrona, serviço de transporte e até seguro, mas nenhum desses serviços é obrigatório. Só tenha atenção para não comprar nada por impulso. Existem voos tão curtos, por exemplo, que você nem vai sentir necessidade daquele espaço extra.

Taxa de bagagem

A cobrança de bagagem é um assunto complicado. Atualmente você pode levar gratuitamente até 10 kg na bagagem de mão. Já sobre bagagens despachadas, as taxas variam conforme trajeto, tipo de passagem e companhia aérea. No Brasil, geralmente o peso máximo de cada mala deve ser 23 kg.

Como lidar com as taxas e encargos na hora de planejar a sua viagem?

O primeiro passo para pagar menos taxas é ter atenção às regras da companhia, especialmente porque elas têm liberdade na cobrança de valor de taxas e encargos de passagens aéreas.

Além disso, o canal por onde você compra a passagem faz toda a diferença. Em voos nacionais a cobrança de bagagem em classe promocional pode ir de R$ 60,00 a R$ 100,00 por mala nas compras online. Se você fizer o mesmo procedimento na hora do check-in essa taxa pode chegar a R$ 200,00.

Voos internacionais são ainda mais caros, mas companhias estrangeiras podem ter políticas diferentes, especialmente aquelas consideradas low cost. Vale também o cuidado com a bagagem na hora de arrumar a mala, para não ultrapassar o peso permitido gratuitamente na cabine.

Outra questão para evitar taxas são em casos de mudanças, remarcações e cancelamentos. Um nome errado, por exemplo, pode ser mudado gratuitamente antes do check-in em companhias nacionais. Já no caso de cancelamento ou remarcação, as taxas podem ser aplicadas conforme o tipo de passagem e o momento em que ocorreu o evento. Multas e políticas de reembolso também variam de acordo com as companhias aéreas.

Uma promoção atraente pode ser encarecida ao se descobrir o valor de taxas e encargos de passagens aéreas. Essa é a hora de comparar empresas e conhecer suas regras, bem como saber seus deveres e direitos como passageiro. Pague o que for necessário, mas evite taxas extras por falta de atenção, descumprimento de prazos ou contratação de serviços desnecessários. Dessa forma, você poderá ficar dentro do orçamento e gastar seu dinheiro com o que gosta: viajando!

Gostou do artigo? Assine nossa newsletter e receba mais conteúdos para planejar bem a sua viagem!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Artigos relacionados

Fale o que você pensa

Translate »